O Iguassu - Seu jornal de notícias em Foz do Iguaçu
Untitled Document
Untitled Document
Untitled Document

EDITORIAIS

Edições Anteriores
Política

COLUNISTAS

Carlos Bachtold
José Reis (Cazuza) - Nossa Voz
Untitled Document

ULTIMAS NOTICIAS

Nossa Voz
Quando a Educação se torna Insana e Nociva à Família
Edição 09-01
Edição 08-01
Edição 07-01
Edição 02-01
Edição 31-12
Untitled Document

ELES ESTÃO LENDO

ANUNCIEL3
Untitled Document
Untitled Document
23/10/2011

Segurança

( Por Edições Anteriores)

FOZ DO IGUAÇU

Ônibus de turismo é assaltado no Paraná

Um ônibus de turismo foi assaltado na madrugada deste sábado (22), no município de Palmeira, a menos de cem quilômetros de distância de Curitiba. O coletivo transportava passageiros de Joinville a Foz do Iguaçu.

O ônibus acessava a BR-277, quando foi fechado por um automóvel. O motorista foi rendido e obrigado a levar o coletivo até a zona rural do distrito de Witmarsun. Os passageiros tiveram pertences pessoais e dinheiro roubados.

A estimativa é que mais de R$ 46 mil tenham sido levado pelos bandidos. Os passageiros tentavam chegar ao Paraguai para fazer compras.

(com G1)


...continue lendo
 
13/10/2011

SEGURANÇA

( Por Edições Anteriores)


LADRÃO APANHA DE POPULARES E ACABA PRESO EM LONDRINA

Um ladrão de 29 anos apanhou de populares após ter assaltado na noite desta terça-feira (11) uma mulher em um ponto de ônibus na rua Guaporé, na região central de Londrina. A vítima havia acabado de sair do trabalho e aguardava o ônibus para voltar para casa, quando foi abordada e ameaçada.

Cláudio Aparecido da Silva roubou a bolsa da vítima mas na tentativa de fuga acabou sendo pego por pessoas que passavam pelo local na rua Bahia. A Polícia Militar foi acionada, mas antes da chegada da viatura ao local, Cláudio apanhou de populares que estavam revoltados com a atitude do acusado.

Na chegada à 10ª Subdivisão Policial (SDP), o assaltante pulou da viatura e empreendeu fuga, mas os policiais conseguiram novamente realizar sua prisão na avenida Leste-Oeste.

Cláudio Silva foi reconhecido pela vítima como autor do crime e devidamente autuado.

(Com BondNews)

...continue lendo
 
09/10/2011

Rádio Peão

( Por Rádio Peão)

FOZ DO IGUAÇU

Lago de Itaipu serve como rota de tráfico  

A cada 500 metros, existe uma clareira, picada ou trilha por onde é possível descarregar mercadorias contrabandeadas do Pa­­ra­­guai para o Brasil. Esse é o cenário nos 1.350 quilômetros de margens do Lago de Itaipu, na Costa Oeste do Paraná, entre Foz do Iguaçu e Guaíra. Ao todo, são 3 mil pontos clandestinos usados por pelo menos 30 quadrilhas de traficantes e contrabandistas, segundo mapeamento feito pela Delegacia Especial de Polícia Marítima (Depom), da Polícia Federal (PF), nos últimos cinco anos.

Para fazer frente à criminalidade que ocorre nos 16 municípios cortados pelo lago (15 paranaenses e um sul-mato-grossense), a PF conta com cerca de 300 policiais nas delegacias de Foz do Iguaçu e Guaíra, mas só a minoria atua diretamente na fiscalização do lago. O efetivo reduzido é apontado como a principal dificuldade da polícia na região.

Estima-se que para patrulhar toda a extensão do Lago de Itaipu (170 quilômetros em linha reta) seriam necessários 200 agentes. Mas o número de policiais que efetivamente participam desse tipo de ação é bem menor. Em Guaíra, por exemplo, há pouco mais de 40 policiais federais. Destes, 14 atuam em operações e apenas oito estão lotados no Depom e fazem patrulhamentos no Lago de Itaipu. Os demais trabalham no setor de migrações, passaportes e serviços administrativos. Em Foz do Iguaçu a situação não é muito melhor: o número de policiais exclusivos do Depom não passa de 14.

Já as quadrilhas que atuam na região são numerosas: chegam a ter 100 integrantes, segundo a PF. O delegado responsável pelo Depom de Guaíra, Rodrigo Ro­­drigues Freitas, diz que a estrutura da PF na cidade melhorou nos últimos anos, com a abertura do Depom. Mas ele admite que a situação ainda é crítica. O motivo é a dificuldade em atrair agentes às cidades de fronteira – geralmente pequenas e sem estrutura.

Com efetivo em falta, a polícia não consegue conter a abertura diária de novas picadas. Enquanto umas são desativadas, outras são abertas. “É sempre esta guerra: eles abrem e nós fechamos”, relata o delegado Freitas

(com Gazeta do Povo)

...continue lendo
 
07/10/2011

Rádio Peão

( Por Edições Anteriores)

Foz do Iguaçu

Favela Monsenhor Guilherme é parcialmente desocupada

Uma ação conjunta entre Guardas Municipal, Polícia Federal, engenheiros e técnicos do Fozhabida, vigilância sanitária e CCZ tenta desocupar a área

O objetivo da ação é desocupar a área que segundo que está sendo usada como depósito de mercadorias contrabandeadas, tráfico de drogas e esconderijo de criminosos que praticam assaltos e outros crimes na região central da cidade. Na ocasião, várias casas foram destruídas e o material retirado do local para evitar novas edificações.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Adão Almeida, esse trabalho visa aumentar a segurança na cidade. “É uma iniciativa de interesse público. As famílias que moravam aqui foram recolocadas em conjuntos habitacionais e as casas que ficaram desocupadas, foram tomadas como depósito e em muitas situações, por desocupados e pessoas que tem problemas com a Justiça”, destacou Almeida.

Durante a ação, que contou com seis viaturas da Guarda Municipal e quatro da Polícia Federal, cerca de dez barracos que eram usados como depósitos foram derrubados. Funcionários da prefeitura fizeram a retirada da madeira, para evitar que as estruturas sejam reerguidas. Duas pessoas, uma que tinha mandado de prisão e outra que estava de posse de munição, foram presas.

Os primeiros levantamentos feitos na favela mostraram que a maioria das pessoas que está vivendo no local, tem passagem pela polícia. Como em uma casa em que a moradora saiu da cadeia há poucos dias, o marido dela estava no CDR e os dois filhos cumprem medidas sócio-educativas. Também são várias as crianças que convivem com todo o lixo que existem próximos as casas e não estão matriculadas na escola.

De acordo com a assessoria da prefeitura, esta ação busca eliminar pontos que comprometem a segurança da população e reassentar as pessoas carentes que vivem em condições precárias.

(com Agência de Notícias)

...continue lendo
 
07/10/2011

Rádio Peão

( Por Edições Anteriores)

Foz do Iguaçu

Adolescente invade aula e dispara três tiros contra namorada, diz PM

Incidente ocorreu em Foz do Iguaçu, na região Oeste do Paraná. Dos três tiros, dois falharam e o outro atingiu a janela da escola.

Um adolescente de 14 anos disparou três tiros contra a namorada dentro da sala de aula na Escola Ipê Roxo, em Foz do Iguaçu, na região Oeste do Paraná. O incidente ocorreu na noite de quarta-feira (5). Segundo a Polícia Militar (PM), a turma ensaiava um teatro, quando foi surpreendida pelo garoto armado. Ele disparou os tiros na direção da namorada, que também tem 14 anos. Dois falharam e o outro atingiu a janela. A família da namorada disse aos policiais que o adolescente não queria que ela ensaiasse porque iria dançar com um outro rapaz. Ninguém ficou ferido.

O menor foi encontrado na casa de parentes na tarde de quinta-feira (6). Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia do Adolescente (Dea). A arma foi apreendida.

...continue lendo
 
Untitled Document

JORNAL ONLINE

Edição Atual
Untitled Document

ENQUETE

Participe da Enquete

Opine - Sobre a obra da Hidrelétrica do Baixo Iguaçu a ser construída a 1 Km do Parque Nacional:

Sou a favor
Sou contra
Desconheço
Preocupa
Afetará as Cataratas
Afetará o meio ambiente
É fundamental


Ver Resultado
Untitled Document

VIDEO EM DESTAQUE

PROBLEMAS DE GESTÃO NA SAÚDE DE FOZ JÁ ESTAVAM DIAGNOSTICADOS HÁ MUITO TEMPO
Untitled Document

TWITANDO

Todos os direitos reservados para O Iguassu - oiguassu@oiguassu.com