O Iguassu - Seu jornal de notícias em Foz do Iguaçu
Untitled Document
Untitled Document
Untitled Document

EDITORIAIS

Edições Anteriores
Política

COLUNISTAS

Carlos Bachtold
José Reis - Nossa Voz
Untitled Document

ULTIMAS NOTICIAS

Formação Continuada para Professoras dos CMEIs
Nossa Voz
Edição 09-01
Edição 08-01
Edição 07-01
Edição 02-01
Edição 31-12
Untitled Document

ELES ESTÃO LENDO

ANUNCIEL1
Untitled Document
Untitled Document

Edições Anteriores

Edição 09-01

2013-01-10
 

FOZ DO IGUAÇU

Política

Segundo secretária, Cláudia Pereira, prevenção e apoio à família é prioridade da Ação Social

“O foco da Secretaria de Assistência social é de prevenir acontecimentos envolvendo crianças e consumo de droga, fortalecendo a família”

(com Agência)

(foto: divulgação/AMN)

A prevenção através do apoio à família é a prioridade da nova gestão da Secretaria de Ação Social de Foz do Iguaçu. A informação é da secretária Cláudia Pereira, que participou ao vivo nesta terça-feira (8), do Paraná TV 2ª Edição, levado ao ar ao meio dia pela TV Cataratas, retransmissora da Rede Globo na cidade.

De acordo com Cláudia, a prevenção com apoio às famílias é a melhor forma de evitar que as crianças permaneçam nas ruas expostas ao consumo de drogas e ao mundo do crime. “O foco da Secretaria de Assistência social é de prevenir acontecimentos envolvendo crianças e consumo de droga, fortalecendo a família”.

“Todo o trabalho social nas famílias será para que as crianças fiquem longe do trabalho infantil, drogas, crimes...”, ressaltou. A secretária também falou sobre o plano para evitar que as crianças abandonem a escola. “Primeira coisa que faremos é fortalecer os CRAS (Centros de Referência em Assistência Social), que são os equipamentos que tem para focar nas famílias com acompanhamento, prevenção bem como evitar que as crianças vão para a rua”.

“Segundo é uma parceria com a Educação para fazer com que os Centros de Convivência funcionem plenamente”. Para Cláudia, os centros são estruturas excelentes que pode acoplar uma grande quantidade de jovens e crianças “para que elas permaneçam não na rua, mas fazendo atividades culturais, educacionais e esportivas. Este é o foco principal que vamos trabalhar firmemente para que aconteça”.

Cláudia também falou de seu plano para combater o trabalho infantil na cidade. “Inclusive tivemos a visita da Fernanda Richa (primeira-dama e secretária estadual da Família) que está muito voltada para esta situação, com este foco na erradicação do trabalho infantil”.

Tudo começa com a criança, frisou a secretária, “tanto é que temos o foco principal na criança porque é dali que começa tudo. A gente costuma falar que depois que entorta é difícil concertar. Então, é melhor a gente prevenir do que remediar”.

Cláudia afirmou que existem muitos programas nas esferas federal e estadual que estão à disposição, mas não são utilizados de forma adequada. “Basta fazermos a coisa certa e fazer com que estes programas cheguem realmente à família. A família é a base da sociedade é o trabalho que vamos fortalecer em Foz do Iguaçu”.


PARANÁ

Saúde

Número de casos confirmados de dengue cai 90% no Paraná

No ano passado, foram confirmados 3.068 casos da doença, o que representa 90% de redução em comparação com 2010, quando foram registrados 33.456 casos

(com ANPr)

(foto: divulgação/ANPr)

O número de casos confirmados de dengue vem reduzindo gradativamente em todo o Paraná desde 2010. No ano passado, foram confirmados 3.068 casos da doença, o que representa 90% de redução em comparação com 2010, quando foram registrados 33.456 casos.

“Os dados legitimam nossa estratégia de trabalhar de forma integrada, com a participação do Governo do Estado, municípios, população e outros setores da sociedade em todas as etapas do enfrentamento da dengue”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Com a vigilância constante para o combate à doença e o apoio aos municípios, a Secretaria da Saúde reverteu a situação encontrada no início de 2011, quando o Estado já enfrentava uma epidemia. “Nosso objetivo foi desencadear ações para conter o avanço da dengue e estruturar os serviços de atendimento aos doentes para evitar mortes” explicou o secretário. Em 2011, foram confirmados 28.970 casos de dengue, uma redução de 13% em relação ao ano anterior.

O número de mortes em decorrência da doença também diminuiu. Em 2010 e 2011 foram registradas 15 mortes a cada ano e em 2012 somente uma pessoa morreu no Estado por causa da dengue. Um dos fatores para essa queda é o investimento feito em capacitações de profissionais de saúde para o diagnóstico e tratamento.

“Os profissionais estão mais atentos e a população também. Isso é importante, porque os sintomas da dengue são semelhantes aos de outras doenças”, afirma o coordenador da Sala de Situação da Dengue, Ronaldo Trevisan. A orientação repassada aos profissionais é que sempre suspeitem de dengue, mesmo que o caso seja descartado no futuro.

NÚMEROS – A Sala de Situação da Dengue divulgou o novo boletim com números da doença no Paraná. De agosto de 2012 até segunda-feira (07/01) foram confirmados 478 casos, sendo que um apresentou a forma grave da doença, mas já foi curado. Até o momento nenhuma morte foi registrada e os municípios com maior número de casos foram Peabiru (182), São Carlos do Ivaí (91) e Paranavaí (49).

Desde 2011, o Paraná passou a utilizar uma metodologia cronológica diferente para analisar os casos da dengue. O calendário leva em conta a curva epidemiológica da doença, que geralmente tem seu pico durante o verão. Com isso, os dados começam a ser analisados em agosto e são fechados em julho do ano seguinte.

De acordo com a equipe técnica da Sala de Situação da Dengue, 97 municípios estão em situação de alerta, pois apresentam índices de infestação entre 1% e 4%. Alguns municípios apresentaram índices menores que 1%, mas têm ocorrência de casos de dengue.


PARANÁ

Política

Richa autoriza construção de casas para mais de 1,6 mil famílias

O investimento total é de R$ 110 milhões; Richa destacou que o novo investimento é um dos maiores já anunciados no Estado

(com ANPr)

(foto: divulgação/ANPr)

O governador Beto Richa assinou nesta segunda-feira (07) contratos para a construção de 1.627 unidades habitacionais em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais. O investimento total é de R$ 110 milhões, por meio do Morar Bem Paraná – programa que prevê a construção de moradias para 110 mil famílias paranaenses nos próximos quatro anos.

Richa destacou que o novo investimento é um dos maiores já anunciados no Estado, representanto 10% de tudo que foi construído entre 2003 e 2010 no Paraná. Segundo o governador, o governo estadual já aplicou R$ 1,5 bilhão em habitação nos últimos dois anos.

A construção das novas unidades em Ponta Grossa será feita em quatro empreendimentos. O Residencial Costa Rica 1, terá 387 unidades; o Residencial Costa Rica 2, 386 unidades; o Residencial Costa Rica 3, 354 unidades; e Residencial América, 500 unidades.

PARCERIA - As moradias serão construídas com recursos provenientes do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), do programa Minha Casa Minha Vida, com subvenção econômica do Estado, e contrapartida da prefeitura municipal. “É uma parceria com diálogo, planejamento e interesse social, que atende a população paranaense que mais necessita”, disse Richa.

O programa Morar Bem Paraná atende famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil. De acordo com o prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, a prefeitura fará o recadastramento das famílias que serão contempladas. “A prefeitura analisará quais famílias de fato necessitam da moradia, assim realizando o sonho da casa própria”, afirmou. A prefeitura ainda participa da iniciativa com a aprovação dos projetos e acompanhamento do trabalho técnico social.


BRASIL

Ensino Superior

Estudante universitário de baixa renda terá bolsa assistência de R$ 400

Serão beneficiados alunos com renda familiar per capta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que optarem por cursos com carga horária diária superior a cinco horas

(com Agência Brasil)

(foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O aluno de baixa renda aprovado por meio de cotas sociais em instituições federais de ensino superior receberão uma bolsa assistência de R$ 400 por mês. O benefício foi anunciado nesta terça-feira (8) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, e deve começar a ser distribuído ainda este ano.

Segundo o ministro, uma medida provisória (MP) editada pela presidente Dilma Rousseff e atualmente está em tramitação no Congresso Nacional estabelece a ajuda. Serão beneficiados alunos com renda familiar per capta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo e que optarem por cursos com carga horária diária superior a cinco horas.

O dinheiro da bolsa será liberado por meio de um cartão de crédito pré-pago, semelhante ao que ocorre no Programa Bolsa Família e outras bolsas de estudo, como a do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).

"Já encaminhamos a MP para o Congresso Nacional. Os estudantes que entrarem pelo sistema de cotas, com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo, que optarem por cursos com mais de cinco horas de jornada, terão direito a uma bolsa de R$ 400 por mês, assim que entrarem na universidade, e durante todo o curso", disse Mercadante.


MUNDO

Política

Hugo Chávez não comparecerá à cerimônia de posse na Venezuela

Chávez deveria ser empossado para novo mandato no dia 10 de janeiro, mas devido às complicações após mais uma cirurgia em Cuba para tratar de um câncer, não poderá comparecer

(com Agência Brasil)

(foto: divulgação)

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, não estará presente à cerimônia de posse nesta quinta-feira (10), de acordo com uma carta enviada pelo vice-presidente, Nicolás Maduro, ao Parlamento do país. Reeleito recentemente, Chávez deveria ser empossado para novo mandato no dia 10 de janeiro, mas devido às complicações após mais uma cirurgia em Cuba para tratar de um câncer, não poderá comparecer.

Diosdado Cabello, presidente da Assembleia Nacional (Parlamento venezuelano), leu o comunicado explicando que por "recomendação médica" o presidente reeleito não poderá prestar o juramento ao cargo. "O comandante presidente pediu para informar que, de acordo com recomendações da equipe médica, (...) o processo de recuperação pós-cirúrgica deverá ser estendido para além de 10 de janeiro".

Na carta há também o pedido para que Chávez possa prestar o juramento diante do Tribunal Supremo de Justiça, tal como estabelece o artigo 231 da Constituição venezuelana, sem precisar uma data em específico. O presidente venezuelano não foi visto em público nem fez comunicação direta desde o dia 11 de dezembro, quando se submeteu a uma quarta operação em Cuba, onde permanece desde então.

Na segunda-feira, o ministro de Comunicação e Informação venezuelano, Ernesto Villegas, disse que a situação de Chávez é "estável" e que ele continua sendo submetido ao mesmo tratamento.

A oposição cita o Artigo 234 da Constituição sobre a “falta temporária” do presidente. Nesse caso, ele é substituído pelo vice por até 90 dias. O prazo pode ser prorrogado por outros 90 dias pela Assembleia Nacional, que também pode qualificar a ausência do presidente como “absoluta”. São consideradas “faltas absolutas” a morte, renúncia, destituição, revogação popular do mandato e incapacidade física ou mental permanente, certificada por uma junta médica, designada pelo Supremo Tribunal de Justiça, com a aprovação da Assembleia Nacional. A Constituição, em seu Artigo 235, diz que se a falta absoluta ocorrer nos primeiros quatro anos de governo terão de ser convocadas eleições presidenciais em 30 dias.

Mas os chavistas dizem que a ausência do presidente não pode ser considerada temporária, nem absoluta, ja que ele pediu permissão para fazer tratamento médico. E até ele voltar, o vice-presidente ficará em seu lugar e não haverá mudanças no gabinete.

CHARGE DO DIA

...Continuar lendo

Edição 08-01

2013-01-09
 

FOZ DO IGUAÇU

Política

Milhões de reais em dívidas assombram a prefeitura de Foz

Segundo o prefeito Reni Pereira, “estão aparecendo dívidas todos os dias. Tem empresário cobrando dívida realizada que não está inscrita em, ‘restos a pagar’ deixado pelo ex-prefeito”

(com Agência)

(foto: divulgação/AMN)

Em entrevista à imprensa, Reni destacou o esforço que os servidores municipais fazem no início de gestão, na continuidade dos serviços públicos, mesmo sem ter nomeado alguns secretários e diretores

“Ainda não nomeamos todos os cargos do governo porque não há dinheiro em caixa para honrar os compromissos vencidos e a vencer”. A declaração é do prefeito Reni Pereira (PSB), em entrevista a Rádio 97,7 FM, pouco antes de viajar à Curitiba na manhã desta segunda-feira (7).

“Quando você nomeia um secretário, ele já quer mostrar serviços. Ainda não estamos neste momento de poder gerar despesas novas”, completou o prefeito. Na entrevista, Reni esclareceu a população sobre diversos temas. “Estão aparecendo dívidas todos os dias. Tem empresário cobrando dívida realizada que não está inscrita em, ‘restos a pagar’ deixado pelo ex-prefeito”, frisou.

Quanto ao fato do ex-prefeito ter deixado dinheiro em caixa, Reni frisou que há dinheiro em caixa, mas são verbas de iluminação pública, Funrebom (Fundo de Reequipamento de Bombeiros), para aquisição de medicamentos e outros recursos que possuem um fim específico.

O prefeito esclareceu ainda que, em relação à previdência dos servidores, no dia seguinte ao da eleição o ex-prefeito reconheceu uma dívida da prefeitura com a Fozprev de quase R$ 800 milhões.“Temos dívidas vencidas da ordem de R$ 50 milhões que deveria ter recursos em caixa para honrar com esses pagamentos”.


FOZ DO IGUAÇU

Economia

Prefeitura fechará janeiro com dívida de R$ 73,8 milhões

Estudo da equipe técnica do prefeito Reni Pereira levantou dados de despesas (dezembro e janeiro) contra receita do período

(com Agência)

(foto: divulgação/AMN)

A dívida da prefeitura, ao final de janeiro, será de R$ 73,8 milhões. O montante é resultado da somatória das principais dívidas herdadas e a vencer neste mês, que são folha de pagamento de dezembro e encargos (R$ 24,6 milhões); folha de pagamento de janeiro (R$ 18,7 milhões); saúde até dezembro de 2012 (R$ 10,3 milhões); saúde janeiro de 2013 (R$ 6,3 milhões).

Também estão contabilizados débitos com os principais fornecedores em janeiro de 2013 (R$ 5,8 milhões); principais fornecedores até dezembro de 2012 (R$ 3,2 milhões); dívida flutuante – Dívidas anteriores a 2013 com vencimento em janeiro (R$ 1,97 milhões) e repasse à Câmara de Vereadores em janeiro de 2013 (R$ 1,6 milhões).

Outras dívidas levantadas, tais como: precatórios – janeiro de 2013; Pasep – janeiro de 2013; Fundação Cultural – janeiro de 2013; vale transporte – janeiro de 2013 e Centro de Convenções – janeiro de 2013 totalizavam até o dia 3 de janeiro o montante de R$ 1,15 milhões.

Os números acima refletem a situação dos valores apurados até o final da tarde do dia 3 de janeiro (quinta-feira). “A equipe continua com o levantamento das dívidas que poderá alterar o resultado final”, completou o secretário da Fazenda, Ademar da Silva.

Do montante levantado está excluído o déficit atuarial da Fozprev (dívida de curto, médio e longo prazo), reconhecido pelo ex-prefeito em lei, um dia após as eleições, no valor aproximado de R$ 800 milhões.


FOZ DO IGUAÇU

Cidadania

Detentos do estado do Paraná contribuem para a bela paisagem de Foz

“Iniciativa voluntária” faz parte do projeto “Florir Foz” que irá ornamentar as Avenidas JK e José Maria de Brito, primeiramente

(com Agência)

(foto: Rafael Frez/panoramio)

As avenidas JK e José Maria de Brito serão as primeiras vias de Foz do Iguaçu a receber o projeto paisagístico “Florir Foz”. A informação é do presidente da Fundação Cultural, Alexandre Freire, que coordenou nesta segunda-feira (7), a segunda reunião de implantação do projeto nas ruas da cidade.

O “Florir Foz”, desenvolvido a pedido do prefeito Reni Pereira (PSB), ganha força através da parceria público e privada e de voluntários interessados em melhorar o aspecto paisagístico da cidade. Mais de 40 pessoas participaram da reunião, que teve como base a sede da Fundação Cultural.

A intenção é iniciar o plantio das flores antes do dia 3 de fevereiro, data que antecede as festividades do carnaval, período em que Foz do Iguaçu recebe um grande fluxo de turistas. O trabalho será executado através de ações voluntárias.

Apoio – Aproximadamente 65 presos das penitenciárias estaduais, ao tomarem conhecimento do projeto, se colocaram à disposição para o cultivo das primeiras mudas. Em um dos presídios será construído uma estufa para a germinação e abrigo das plantas.

Já existe uma parceria do Horto Municipal para que a ação inclua o plantio de árvores nativas e frutíferas. O projeto, segundo Alexandre Freire, prevê também a educação ambiental nas escolas da cidade, uma forma de conscientizar as crianças e adolescentes da importância da manutenção e conservação das flores.

Participaram do encontro representantes de floriculturas, paisagistas, especialistas em plantio de mudas e voluntários e interessados em ajudar na primeira etapa do “Florir Foz”. A Itaipu Binacional e o Fundo Iguassu, ACIFI e CODEFOZ, também são parceiros do projeto.


FOZ DO IGUAÇU

Cidadania

Receita Federal de Foz do Iguaçu convida: "Conheça nossa aduana"

Ação ocorrerá no dia 28 de janeiro de 2013, em comemoração ao Dia Internacional da Aduana

(com Assessoria)

(foto: divulgação/RF)

O projeto “A Receita Federal convida: conheça a nossa Aduana” consiste em um programa de visitação às unidades que prestam serviços aduaneiros. O projeto se insere na política de transparência da Receita Federal e tem o propósito de esclarecer a população sobre o relevante papel que a Receita Federal tem prestado para proteger a economia e a sociedade nacionais.

A visitação ocorrerá no dia 28 de janeiro de 2013, em comemoração ao Dia Internacional da Aduana (26/jan). É necessário agendamento prévio pelo telefone. O projeto contempla a apresentação de vídeo institucional, palestra sobre a função da Receita Federal na prestação de serviços aduaneiros e visita guiada pelas instalações da unidade.

Com relação à visitação em Foz do Iguaçu, o agendamento prévio poderá ser feito por meio do telefone (45) 3520-4301, sendo que as visitações serão realizadas nas instalações situadas na sede da Receita Federal, que incluem as áreas de deslacração de mercadorias e veículos retidos, de destruição de mercadorias e o depósito de mercadorias apreendidas.

Para conhecer todas as unidades da Receita Federal abertas à visitação no dia 28 de janeiro, basta acessar o site da Receita Federal.


BRASIL

Ensino Superior

Mais de 700 mil candidatos se inscreveram no Sisu

As inscrições, feitas exclusivamente pela internet, serão encerradas às 23h59 do dia 11 de janeiro, considerando o horário oficial de Brasília

(com Agência Brasil)

(foto: divulgação)

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC) já registrou mais de 732 mil inscritos, segundo balanço oficial realizado no fim da noite desta segunda-feira (7). O total de inscrições se aproxima de 1,4 milhão, já que cada candidato pode fazer até duas opções de curso.

Concorrem às vagas os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2012 e obtiveram nota na redação que não tenha sido zero. O candidato pode fazer até duas opções de curso. As inscrições, feitas exclusivamente pela internet, serão encerradas às 23h59 do dia 11 de janeiro, considerando o horário oficial de Brasília.

A partir desta terça-feira (8), os candidatos já podem conferir a nota de corte, que é calculada uma vez por dia. De acordo com o MEC, o Sisu calcula a nota de corte (mínimo para ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e o total de candidatos inscritos, por modalidade de concorrência.

Segundo a pasta, a nota de corte serve apenas como referência para ajudar o candidato no monitoramento de sua inscrição e não garantia a vaga. O sistema não faz o cálculo em tempo real e a nota de corte se modifica de acordo com a nota dos inscritos no Enem. A informação pode ser consultada no boletim do candidato, na página do Sisu.

Ao final do período de inscrição, é divulgada a lista de selecionados e, em seu boletim de acompanhamento, o candidato pode consultar a sua classificação e resultado final. A primeira chamada de selecionados está prevista para o dia 14 de janeiro.

Os convocados devem providenciar a matrícula nos dias 18, 21 e 22. A segunda chamada será divulgada no dia 28 deste mês, com matrícula em 1°, 4 e 5 de fevereiro.

Os estudantes que não forem selecionados nas duas primeiras convocações podem aderir à lista de espera para concorrer às vagas remanescentes. O prazo de adesão vai de 28 deste mês a 8 de fevereiro. No dia 18 de fevereiro, ocorrerá a convocação, pelas instituições, dos candidatos em lista de espera.

CHARGE DO DIA


...Continuar lendo

Edição 07-01

2013-01-08
 

FOZ DO IGUAÇU

Violência

Ladrões explodem caixa eletrônico dentro de mercado atacadista

Segundo a polícia, cinco suspeitos renderam o segurança. Ainda não se sabe a quantidade de dinheiro levada.

(com G1)

(foto: divulgação/Polícia Civil)

Uma quadrilha explodiu um caixa eletrônico na madrugada deste domingo (6), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Segundo a polícia, o equipamento estava instalado dentro de um atacado da cidade. Ninguém ficou ferido.

Cinco suspeitos teriam participado da ação. Dois deles renderam o segurança da empresa. Os outros três foram responsáveis por instalar e detonar os explosivos. Toda a ação durou cerca de 30 minutos.

Os suspeitos levaram, além do dinheiro da máquina, a arma e o colete do segurança. O valor levado do equipamento ainda está sendo apurado.

De acordo com a polícia, os assaltantes vestiam roupas pretas, máscaras e coletes, durante o roubo.


REGIÃO

Entretenimento

Bicicleteiros de Foz do Iguaçu organizarão “Pedalada Paraguaia”

O passeio busca experimentar um pouco da história da região com uma mistura de suor, pedaladas, conversas, paradas e fotografias

(com Megafone)

(foto: divulgação)

Um coletivo de bicicleteiros iguaçuense irá pedalar até o Salto Monday, na cidade paraguaia de Puerto Presidente Franco, a 20 quilômetros da fronteira brasileira, no domingo, 13 de janeiro. O ponto de partida do grupo será o Terminal de Transporte Urbano (TTU) em Foz do Iguaçu, às 8 horas. O passeio cultural será mediado pelo ambientalista e guia de turismo, Francisco Amarilla.

O passeio busca experimentar um pouco da história da região com uma mistura de suor, pedaladas, conversas, paradas e fotografias. Segundo Amarilla, durante o trajeto serão apresentados lugares e peculiaridades da fauna, flora e cultura paraguaia. “Acredito que será um domingo prazeroso e enriquecedor culturalmente para todos nós”, destacou.

O objetivo da atividade é envolver principalmente os bicicleteiros, informa Marcos Labanca, um dos articuladores da Pedalada Paraguaia. “O termo bicicleteiro é uma referência às pessoas que tem bicicleta e andam de vez em quando, sem compromisso com velocidade, tempo e destino. O nosso compromisso domingo será com a paisagem e com o roteiro cultural”.

Passeio – A Pedalada Paraguaia é uma troca de experiência organizada pelos Corredores Jornaleiros. O passeio não tem custo e é aberto a todos os bicicleteiros da fronteira. Basta pedalar e apresentar os documentos as autoridades das aduanas do Brasil e do Paraguai.

SERVIÇO - Pedalada Paraguaia / Data: Domingo, 13 de janeiro

INÍCIO - Horário: 8 horas / Local: Terminal de Transporte Urbano (TTU) – Calçada ao lado da JK.

RETORNO - Horário: 17 horas / Local: Salto Monday


FOZ DO IGUAÇU

Política

Prefeitura terá 9 meses para resolver administração do Hospital Municipal

O promotor Enoque Ribeiro informou que o MPT e o MPE atenderam ao pedido de Reni, suspendendo a multa ao município por descumprimento da regulamentação. Em relação ao ex-prefeito, a multa no valor de R$ 130 mil será executada nos próximos dias

(com Agência)

(foto: divulgação/Agência)

A Prefeitura de Foz do Iguaçu terá nove meses para resolver sobre a administração do Hospital Municipal, hoje sob responsabilidade da O.S. PróSaúde. Débito atual com a instituição é superior a R$ 20,4 milhões.

O prazo ficou estabelecido nesta sexta-feira (4), durante audiência do prefeito Reni Pereira (PSB), com o procurador do Trabalho, Enoque Ribeiro dos Santos.

A audiência, no Ministério Público, foi solicitada por Reni Pereira devido uma Ação Civil Pública promovida pelo MPT (Ministério Público do Trabalho) e o MPE (Ministério Público Estadual), contra o município e o ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi, que permitiu a administração do hospital de forma irregular, com base em uma liminar.

O promotor Enoque Ribeiro informou que o MPT e o MPE atenderam ao pedido de Reni, suspendendo a multa ao município por descumprimento da regulamentação. Em relação ao ex-prefeito, a multa no valor de R$ 130 mil será executada nos próximos dias.

Na audiência Reni relatou que precisou decretar o processo de moratória das contas da Prefeitura tendo em vista as dificuldades financeiras e a falta de recursos em caixa, “que sequer são capazes de honrar as dívidas de natureza alimentícia”. Aproximadamente seis mil servidores públicos municipais ainda não receberam o salário do mês de dezembro e as férias relativas a 2012.

“Bem como despesas emergenciais na área da saúde que apesar de empenhadas, não ocorreu devido provisionamento na forma da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)”, disse. De acordo com levantamento determinado por Reni, o montante do débito é superior a R$ 18 milhões.

O prefeito informou que priorizou o pagamento do salário dos servidores e em função disto, solicitou audiência com o governador Beto Richa (PSDB), para tentar a antecipação de receitas do Estado do Município.

Outra questão relatada ao procurador do Trabalho é com relação ao término do contrato com a PróSaúde, que vai ocorrer no mês de abril deste ano e no entanto não houve um plano alternativo elaborado pelo ex-prefeito.

Dívida de R$ 20,4 milhões – Na audiência Reni Pereira informou ainda dados sobre a dívida que herdou com a O.S. que administra o hospital. Segundo ele, o ex-prefeito assinou, no último dia útil de 2012 (28 de dezembro), um termo aditivo do contrato com a PróSaúde, superior a R$ 11,1 milhões.

De acordo com Reni, além deste débito assumido na última hora, a título de confissão de dívida e de majoração do contrato, a Prefeitura deve para a O.S. os honorários referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2012. “Até a assinatura do termo aditivo, a Prefeitura repassava R$ 3,1 milhões ao mês. A partir de agora este montante será de R$ 3,8 milhões”, disse.

O prefeito informou ainda que a Prefeitura não tem condições de administrar o Hospital Municipal e para isto irá articular, junto aos governos Estadual e Federal, a estadualização e a federalização da estrutura.

“O hospital tem uma condição de atendimento regionalizado, bem como também atende aos cidadãos fronteiriços (paraguaios e argentinos), bem como alunos e familiares da Unila procedentes de outros países, que aqui buscam atendimento e o hospital é obrigado a atender em face do Protocolo Sócio Laboral do Mercosul”, frisou Reni.

O procurador informou ao prefeito que, em relação à Ação Civil Pública contra o município, o MPT e o MPE irão discutir e deliberar conjuntamente com os promotores da Justiça do Ministério Público. Reni foi acompanhado na audiência do advogado Rubens Prates Junior.


FOZ DO IGUAÇU

Política

Reni participa da festa de recepção do novo xeique da comunidade árabe de Foz

O xeique Abdo Nasser El Katib é paranaense da região de Londrina e estava atuando no Líbano, até ser escolhido para a missão em Foz do Iguaçu

(com Agência)

(foto: divulgação/Agência)

O prefeito Reni Pereira (PSB) participou, na tarde desta sexta-feira (4), da festa de recepção ao novo xeique da comunidade árabe de Foz do Iguaçu, Abdo Nasser El Katib. O evento, organizado pela vereadora Anice Nagib Al Gazzaoui, contou com participação do xeique do Líbano, Khalil Elmais.

“Em nome de todos os iguaçuenses quero desejar as boas vindas ao xeique e a sua missão religiosa em Foz do Iguaçu”, disse Reni. Segundo o prefeito, a comunidade árabe de Foz, a segunda maior do Brasil, já faz parte da história da cidade.

“Hoje podemos dizer que temos iguaçuenses de origem árabe”, frisou Reni. Ainda segundo o prefeito, em Foz do Iguaçu a comunidade árabe tem sua cultura preservada, cultivada e respeitada.

O xeique Abdo Nasser El Katib é paranaense da região de Londrina e estava atuando no Líbano, até ser escolhido para a missão em Foz do Iguaçu. “No Brasil o tratamento dado aos estrangeiros é especial. Todos os estrangeiros foram abraçados aqui no país e hoje os imigrantes participam de todas as áreas da sociedade”, frisou.

Anice Gazzaoui, a primeira vereadora de origem muçulmana eleita no Brasil, agradeceu a presença de todos e disse que seu mandato será voltado aos interesses de Foz do Iguaçu. “Todos aqueles projetos do prefeito Reni, que forem para melhorar a nossa cidade, vamos aprovar junto com os demais vereadores”, frisou.

Também participaram da solenidade o presidente da Câmara, Zé Carlos, o assistente do diretor-geral brasileiro da Itaipu, Joel de Lima e o presidente do Centro Cultural Islâmico, Faisal Ismail.

FOZ DO IGUAÇU

Política

Dívida de Paulo Mac Donald para com servidores municipais fica para Reni

Reni solicitou junto ao Governo do Estado antecipação de receitas para pagamento de salário dos servidores de Foz; Valor da folha dos servidores efetivos que não receberam salário chega a R$ 18 milhões

(com Assessoria)

(foto: divulgação/Assessoria)

O prefeito de Foz do Iguaçu, Reni Pereira (PSB), solicitou ao Governo do Estado nesta quinta-feira (3) a antecipação de receitas para cobrir a folha de pagamento dos servidores municipais, referentes ao mês de dezembro de 2012.

O Subchefe da Casa Civil, Guto Silva, assumiu o compromisso de estudar a viabilidade do pleito com o governador Beto Richa (PSDB) nos próximos dias. “Precisamos de recursos para equalizar as pendências financeiras com a folha de pagamento dos servidores públicos municipais, que estão enfrentando muitas dificuldades neste início do ano”, afirmou Reni.

O vereador Gessani também participou da reunião.

De acordo com o secretário da Fazenda, Administração e Governo, Ademar da Silva, a folha dos servidores efetivos que não receberam o salário é de aproximadamente R$ 18 milhões.

Em dezembro, segundo o secretário, foram pagos aproximadamente R$ 2 milhões referentes à folha e rescisão dos cargos comissionados.

Já para os servidores concursados, a alegação é de que o ex-prefeito de Foz, Paulo Mac Donald, não teria deixado provisão de caixa para quitação de despesas de 2012.


BRASIL

Ensino-Superior

Inscrições para o Sisu começam nesta segunda-feira

O sistema oferece 129.279 vagas em 3.751 cursos oferecidos em 101 instituições públicas de ensino superior

(com Agência Brasil)

(foto: divulgação)

Brasília – O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre as inscrições a partir desta segunda-feira (7) até a próxima sexta-feira (11) para os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O sistema oferece 129.279 vagas em 3.751 cursos oferecidos em 101 instituições públicas de ensino superior.

Podem concorrer às vagas todos os alunos que fizeram o Enem e tiveram nota maior que zero na redação. É preciso entrar no SITEdo sistema, para fazer a inscrição. Cada estudante pode selecionar até duas opções de cursos, especificando a ordem de preferência, o nome das instituições e o turno.

Além disso, será possível também escolher a modalidade de concorrência. O Sisu se adequará à Lei de Cotas, de agosto de 2012. As inscrições são gratuitas e as instituições de ensino devem ofertar acesso à internet aos estudantes interessados.

De acordo com o cronograma do Sisu, publicado no Diário Oficial da União do último dia 26, as inscrições serão feitas exclusivamente pela internet, no portal do Sisu. Para a seleção no primeiro semestre de 2013, vale a nota do Enem 2012, divulgada pelo Ministério da Educação (MEC) no último dia 28.

O resultado da primeira chamada do Sisu será divulgado no dia 14 de janeiro e da segunda chamada, no dia 28 de janeiro, no site do Sisu e das instituições. As matrículas serão feitas nas instituições nos dias 18, 21 e 22 de janeiro para a primeira chamada e dias 1º, 4 e 5 de fevereiro para a segunda.

CHARGE DO DIA


...Continuar lendo

Edição 02-01

2013-01-03
 

FOZ DO IGUAÇU

Política

Governador do Paraná, Beto Richa, marcou presença na posse de Reni e Ivone

Richa fez questão de parabenizar a população de Foz: “parabéns pela sabedoria de eleger esta dupla" e lamentou que nesses dois anos de mandato não havia até agora conseguido "a desejada parceria com o município devido à dificuldade de relacionamento com o prefeito Paulo Mac Donald e seu temperamento"

(Da Redação)

(foto: João Guilherme Alvares de Farias)

Com a presença de mais de 300 pessoas na Praça da Paz, em Foz do Iguaçu, tomaram posse na noite desta terça-feira (01), o prefeito e a vice-prefeita eleitos nas eleições de outubro passado, Reni Pereira e Ivone Barofaldi. 

A cerimônia contou com a participação do Governador do estado do Paraná, Beto Richa, da primeira-dama e Secretaria Estadual da Família, Fernanda Richa, do Deputado Federal Ratinho Júnior, do Deputado Estadual, Artagão Junior, do presidente da Câmara de Foz, Zé Carlos, além de outras autoridades e representantes de instituições nas três esferas.

Reni Pereira e Ivone Barofaldi assinaram o termo de posse e discursaram para a população. Reni fez questão de recordar que sua gestão será pautada no “diálogo” e no “respeito” com os cidadãos iguaçuenses, que são, segundo ele “os verdadeiros donos do poder”.

“Não me recordo de outra posse de prefeito em praça pública, no meio da população, aqui em Foz do Iguaçu. E nós fizemos isso para demonstrar, primeiro na Praça da Paz, que nós queremos a paz internamente em nosso município. Nós queremos o diálogo com o Poder Legislativo e Judiciário além das demais Instituições. Acima de tudo, com o Governo Estadual, Federal, com a Itaipu e com aqueles que quiserem se juntar a nós para que possamos devolver a Foz o que ela espera dos seus dirigentes, ressaltou Reni”.

Para o Governador Beto Richa, Reni Pereira representa uma fase de mudanças para a cidade. “Você (Reni) conquistou a confiança do seu povo, que queria mudanças. Acima de tudo, mudanças no jeito de governar. Um prefeito simples, humilde e acima de tudo muito capacitado e qualificado para garantir as transformações que Foz precisa, que Foz merece”.

Beto Richa lamentou que durante seus dois anos de mandato não havia até agora conseguido a desejada parceria com o município devido à dificuldade de relacionamento com o prefeito Paulo Mac Donald. “Foz foi a cidade em que mais estive presente, mas Infelizmente não conseguimos a desejada parceria que nós almejávamos, pela dificuldade de relacionamento com o (ex-)prefeito municipal. Graças ao seu temperamento foi muito difícil essa relação”.

O Governador aproveitou para falar sobre as obras do viaduto da BR 277, que iniciarão ainda neste mês de janeiro. “A (obra) mais reivindicada pelos iguaçuenses há muitos anos, as obras de implantação do viaduto da Avenida Paraná com a intercessão da BR 277. Somente o Governo do Estado está portando 8 milhões de reais e neste mês ainda iniciamos as obras de construção do nosso viaduto da Avenida Paraná”.

A sessão foi encerrada pelo Presidente da Câmara, vereador Zé Carlos.

Dois palcos foram instalados para receber artistas e autoridades. Após a solenidade, a noite continuou animada com a dupla Gilberto e Gilmar, comemorando 30 anos de carreira.


FOZ DO IGUAÇU

Política

Após posse de vereadores, Zé Carlos (PMN) é eleito presidente da Câmara

A “chapa renovação” foi a única a apresentar candidatos; Dos 15 vereadores apenas Nilton Bobato (PC do B) não votou “sim” a chapa

(Da Redação)

(foto: João Guilherme Alvares de Farias)

Aconteceu nesta terça-feira (01), em Foz do Iguaçu, a cerimônia de posse dos vereadores eleitos nas eleições de outubro passado, que reuniu mais de 400 pessoas no plenário da Câmara. 

A sessão foi aberta pelo vereador Hermógenes de Oliveira (PMDB), que escolheu o vereador Luiz Queiroga (DEM) para secretariar a sessão que deu posse aos demais vereadores que legislarão até 2016.

Após a cerimônia de posse ocorreu a eleição da única chapa existente, a chapa renovação, composta pelos seguintes nomes: vereador Zé Carlos (PMN) como presidente, Paulo César Queiroz “Coquinho” (PTN) como 1º vice-presidente, Dilto Vitorassi (PV) como 2º vice-presidente, Anice Gazzaoui (PT) como 1ª secretária e Paulo Rocha (PSB) 2º secretário.

(Foto: João Guilherme Alvares de Farias)

Num ato inédito, a votação foi aberta. O vereador Nilton Bobato (PCdoB), foi o único dos quinze vereadores a votar em branco. “Em respeito aos meus eleitores e o direito ao contraditório na casa de leis, eu voto em branco”.

Após a votação a mesa diretora assinou o termo de posse.

COMISSÕES PERMANENTES - Antes do encerramento da sessão, o presidente da Câmara, vereador Zé Carlos, atendendo à questão de ordem do Vereador Dilto Vitorassi, juntamente com o plenário convocou a eleição imediata das comissões permanentes, após reunião com todos os vereadores.

São seis comissões permanentes que podem ser consultadas no site da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu


BRASIL

Ensino Superior

Publicada portaria que regulamenta processo seletivo do ProUni no primeiro semestre de 2013

Portaria que regulamenta o processo seletivo do Programa Universidade para Todos (ProUni) referente ao primeiro semestre de 2013 foi publicada nesta segunda-feira (31) no Diário Oficial da União.

(com Agência Brasil)

(foto: divulgação)

O texto trata de etapas específicas do programa, como o período de inscrições, a pré-seleção de candidatos e a comprovação de informações dos estudantes classificados. Para se inscrever no processo seletivo, o aluno tem que ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, entre outros pré-requisitos.

De acordo com a publicação, o estudante precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Enem. Anteriormente, a pontuação mínima exigida era 400. A portaria, assinada pelo ministro da Educação interino, José Henrique Paim Fernandes, entra em vigor hoje.

Criado em 2004, o programa tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior.

Dados do Ministério da Educação indicam que o ProUni já atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2012, a mais de 1 milhão de estudantes, sendo 67% com bolsas integrais.


MUNDO

Economia

Hollande vai insistir em imposto de 75% sobre rendimentos superiores a 1 milhão de euros por ano

Hollande vem enfrentando forte oposição da mídia, da direita e da elite francesa

(Da Redação com BBC)

(foto: AP)

O presidente francês, Francois Hollande, disse que vai pressionar para que seja implementado no país um imposto de 75% sobre os ricos. O Conselho Constitucional francês, acionado pelo partido conservador, UMP, totalmente contrário à política fiscal do presidente François Hollande, anulou a proposta de Hollande .

O Conselho Constitucional examinou o texto e considerou que o imposto excepcional de 75% para contribuintes com renda superior a um milhão de euros, previsto para dois anos e incluído no orçamento de 2013, "viola" o princípio de igualdade de cargas públicas.

Em um pronunciamento de ano novo, Hollande disse que a medida, que foi uma das grandes bandeiras do seu governo, vai ser reformulada e submetida novamente.

A corte constitucional francesa não se opôs a lei por conta do alto percentual de imposto cobrado, mas por problemas técnicos que trazia impactos para famílias de maneiras diferentes.

Na França, os impostos sobre rendimentos não incidem sobre indivíduos, mas sobre as residências. A nova lei proposta por Hollande não teria levado isso em conta e taxaria as pessoas que ganhassem mais de um milhão de euros, o equivalente a R$ 2,7 milhões.

Por exemplo, em uma casa onde uma pessoa ganha um milhão de euros, ela teria que pagar a taxa, mas em outra onde duas pessoas ganham 900.000 eles não seriam submetidos ao novo imposto.

O plano do governo é de resolver os problemas técnicos apontados pela corte constitucional.

A nova alíquota tem sido vista como simbólica, já que na prática o impacto não seria tão grande. Cerca de 1.500 pessoas seriam afetadas por um período de dois anos.

Empresários e a oposição ao governo dizem que a medida vai fazer com que os maiores pagadores de impostos na França deixem do país.

CHARGE DO DIA

Ricos se negam a pagar impostos mais elevados na França

...Continuar lendo

Assinante

Login:
Senha:
 
Esqueci a senha
Quero ser um assinante
Untitled Document

JORNAL ONLINE

Edição Atual
Untitled Document

ENQUETE

Participe da Enquete

Opine - Sobre a obra da Hidrelétrica do Baixo Iguaçu a ser construída a 1 Km do Parque Nacional:

Sou a favor
Sou contra
Desconheço
Preocupa
Afetará as Cataratas
Afetará o meio ambiente
É fundamental


Ver Resultado
Untitled Document

VIDEO EM DESTAQUE

PROBLEMAS DE GESTÃO NA SAÚDE DE FOZ JÁ ESTAVAM DIAGNOSTICADOS HÁ MUITO TEMPO
Untitled Document

TWITANDO

Todos os direitos reservados para O Iguassu - oiguassu@oiguassu.com